24 julho, 2006

nem choro nem vela


Fotinho do presidente da Argentina.

23 julho, 2006

perdeu a graça

Perdeu a graça escrever um blog. Não tem mais graça o esquerdismo, não tem mais graça a DENEM, não tem mais graça ser capitalista desde pequeno ,não têm mais graça o Ivan Lessa e o Diogo Mainardi. Não tem mais graça as maravilhas da internet, a biblioteca mofada da minha faculdade nem a medicina baseada em evidências. Ver o Bono Vox falar suas bobagens não tem mais graça. Ler perdeu a graça também. É difícil achar graça no mundo quando ele está na porta da sua casa, armado e apontando contra a sua consciência.

PS: Colocar hyperlinks para tudo que eu digo também perdeu toda a graça.

Senhor dos Anéis

Esses dias vi toda a série dos Senhor do Anéis de uma vez só. Nunca tinha visto todos os filmes, comecei de noite e acabei de ver as 11:30 da manhã. Para quem não entendeu a história, a ONU é o Sauron. Quer conseguir o último anel que une todos os povos sob único domínio.

30 maio, 2006

Google video

Não costumo fazer essas sugestões, mas sempre se pode começar. Aí vai o link, da sessão "vídeos incríveis do google".

17 janeiro, 2006

Google Earth

Cheirando a mofo eu venho aqui falar sobre o programinha do Google, o Google Earth. Perco noites inteiras navegando no software que oferece fotos de satélite do mundo todo e tentando entender o que está acontecendo nos outros países. Em Havana, se pode ver a grande avenida beira-mar. Se não me falha a memória, é onde se encontram as prostitutas mais baratas e mais intelectualizadas do mundo. Em Tóquio, perto do Palácio do Imperador, encontrei uma ponte linda, circular, uma verdadeira maravilha da engenharia usada para ligar a cidade a um pedacinho de terra menor que um campo de futebol (se as escalas do programa não estão erradas). Como as conspirações imperam quando o assunto são os Estados Unidos, no Alaska encontrei (graças aos bondosos usuários do programa que podem deixar os seus alfinetes no mapa) uma das zonas proibidas do Google Earth. Se trata de uma território onde ninguém sabe o que tem mas todo mundo tem certeza que coisa boa não é. Arrisco que sejam alguns mísseis apontados para a Coréia do Norte ou União Soviética. Não sei, assim como os outros usuários que enchem o programa de comentários inúties, só especulo.

Colunas do Ivan Lessa

As vezes minha namorada dorme em casa e eu fico sem muito o que fazer. Mesmo assim, descobri que ainda posso ter uma madrugada agradável ao som da voz pigarreada do Ivan Lessa falando sobre seu atual ódio ao mundo de Guttemberg no site da BBC Brasil. Você só precisa ter uma versão nova do Real Player, clicar no título que mais lhe interessar, e esperar um pouquinho. O som correrá pelo seu computador em direção aos seus fones de ouvido com comentários inteligentes sobre Paulo Coelho, Dan Brown, Wikipedia e, de vez enquando, alguns livros que valem a pena ler.

30 dezembro, 2005

Medicina Baseada em Evidências

Tem um livro de condutas e diagnósticos que é muito apreciado na minha faculdade. O livro chama “Medicina Ambulatorial, condutas de atenção primária baseadas em evidências”. É mais ou menos o seguinte, se divide algumas condutas de 1 até 5. 1 é o grau máximo de evidência, o melhor do mundo de todos os tratamentos e métodos médicos. 5 é o menos comprovado, mas, mesmo assim, indicadíssimo. Não dá nem culpa, olha ali, aplica e, se der errado, a culpa é da ciência que não explica o caso. Tudo bem. Tosco como eu sou, nunca tinha entendido como a medicina poderia não ser baseada em evidência. Comprei o livro e fui lendo. Quando eu entendi o método do 1 a 5 achei lá um capítulo, que entre outros autores, contava com o Dr. Armando de Negri, fundador do movimento estudantil na medicina. Estava lá em letras de forma: “A medicina tradicional, alternativa e complementar”. Mmm. Fui ler. A idéia é interar a medicina tradicional à medicina formal e aplicar tudo no Sistema Único de Saúde. Por medicina tradicional os autores consideram os “Curandeiros, que se utilizam de plantas, assim como de produtos animais ou minerais, além de procedimentos mágico-religiosos” (sic). Inclui também as rezadeiras, “que se utilizam de rezas e benzeduras para afastar doenças do corpo ou do espírito, podendo também combinar esses procedimentos com fitoterapia”. Tu vê só. A lista continua e inclui os médiuns espíritas, os pastores pentecostais, os sacerdotes do candomblé e da umbanda e os religiosos católicos. Os autores não disseram o grau, mas a evidência é comprovada por métodos místicos, cósmicos e exotéricos. Milagres? Não. Milagres é com o padre da capela, não com o do S.U.S.

14 dezembro, 2005

Mamãe

Digam o que quiserem, mas o fato é que quando se é pobre, engravidar aos quatorze anos é um bom negócio. Tenho entrado em umas favelas aqui de Porto Alegre e observado como vive esse pessoal. Há uma porção de adolescentes mães por lá. O que todas tem em comum (além de não freqüentarem o grupo de jovens mães do posto de saúde) é o fato de serem bem educadas. Fiquei comparando elas com as jovens que não engravidaram. Todas são o que alguns chamam de promíscua. Hoje não se usa mais muito essa palavra, mas tudo bem. Sempre tem a gurizadinha malandra que coloca essas gurias no pó, nas festinhas, na rua. Se eu pudesse, faria campanha pela gravidez na adolescencia.

16 novembro, 2005

DNA

Estava ouvindo no arquivo de entrevistas da BBC uma entrevista com os cientistas Francis Crick e James Watson (os que ganharam o Prêmio Nobel em 1962 por descobrirem o DNA). Eles levaram, no fim das contas, seis semanas para descobrir o negócio todo, sem serem gênios (sic) e sem ficarem muito tempo trancados no laboratório. “It isn't a thing wich you can do day and day very intensively.” “You must not pay to much attention in all the experimental evidences because some of it may be wrong.” O Proust levou quase quinze anos trancado em um quarto forrado de cortiça, trocando o dia pela noite, para escrever Em Busca do Tempo Perdido. Livro esse que muitos consideram o maior romance de todos os tempos. E isso, sendo gênio. Nunca levei muito a sério esse lance de DNA, segredo da vida e semelhança entre espécies... Com essas afirmações e em seis semanas, só pode ser bobagem.

28 outubro, 2005

Puêraaa

Esses dias fiquei na faculdade na hora do almoço, sem meus amigos e sem minha namorada. Resolvi conferir a Biblioteca Central da UFRGS. Um amigo filisteu tinha me contado sobre um acervo histórico. Impressionante. Toda a obra de Thomas de Quincey está lá, o escritor opiômano que influenciou, entre outros, William Burroughs (que preferia o sintético). Todos os poemas de Milton, Keats, Whitman e Dryden estão lá também. Todos em inglês. Entre um espirro e outro, achei os livros de George Eliot (na verdade Mary Ann Evans), Sir Walter Scott (incluindo os poemas), e das irmãs Brontë (em uma edição que inclui estudos biográficos sobre as irmãs Anne, Charlotte e Emily). Sinais de alguma civilização que habitou essa cidadezinha há muitos anos e desapareceu ninguém sabe como. Algumas dessas ilustres criaturas deveriam ler alemão e francês e trouxeram consigo a obra completa de Goethe, Molière e Balzac. Em um país onde o ministro da cultura investe em discos de hip-hop, essa biblioteca é um espetáculo. E o melhor, os alunos não usam. Arrisco dizer que nem sabem que tal coisa existe. Na saída, passei os olhos pelas mesas e vi quatro universitários legítimos. Jornais, revistas, polígrafos encadernados... Nenhum parecia ter idéia de onde estava.

16 outubro, 2005

O atraso nacional

O Brasil é um país triste. Ainda temos gente morrendo de gripe...

12 outubro, 2005

Médico Legista

Foi encontrado morto nessa madrugada o médico legista Carlos Delmonte Printes, o que fez a autópsia no corpo de Celso Daniel. Em recente participação no programa Jô Soares, ele afirmou ter sido pressionado pelo deputado Luiz Eduardo Greenhalgh (grande defensor dos direitos humanos no PT) para finalizar o caso. Já somam 7 o número de mortos.

13 setembro, 2005

Laranjada unida pelo desarmamento

Os mais destacados artistas brasileiros saíram em campanha pelo desarmamento. O cantor Lenine foi poético: “Um mundo sem armas é uma utopia bacana. O sonho é aquilo que você almeja. Esse é um primeiro sonho bacana”. Gabriel O Pensador acha que a proibição da venda de armas reduziria a violência no transito e o crime passional, mas não opina sobre o tráfico de drogas nem sobre o roubo de carros. Marcelo Yuka defende o desarmamento porque é uma atitude moderna. Pedro Luís (o da parede) acredita que “arma não rola”, prefere a arma da sabedoria, inclusive em assaltos e estupros. O cantor e DJ BNegão usa a sua popularidade e influência e chama a classe artística para votar pelo “sim” no referendo. Mandarei um email para o meu amigo pintor lembrando da convocação. Entre as mulheres, quem se destaca é a cantora Negra Li, que prefere “armar a tenda da paz, do amor e da compreensão”. Sua próxima aparição será em um congresso da DENEM.

PS: No dia 23 de outubro vote NÃO ao Napster e devolva o emprego desse pessoal.

11 setembro, 2005

Evil Bush!

Deve ser característica dos bons políticos discursar contra o governo Bush. O último foi o senhor Severino Cavalcanti em pronunciamento na ONU.

 
Web Ring Liberal
Ring Owner: Julio Belmonte Site: Web Ring Liberal
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from Bravenet