23 junho, 2005

Os altos círculos do poder

Eu costumava freqüentar um barzinho aqui perto de casa onde me encontrava com um amigo para tomar uma ou duas cervejas e conversar sobre o que observávamos nos jornais e na TV. Acreditávamos estar diante da decadência da civilização ocidental. As mesas do bar eram de madeira, com toalhas de plástico azul e branco. Um senhor se sentava com duas ou três meninas. As vezes entrava um pai de família e o cumprimentava: “Como vai, seu Castanha?”. Quatro ou cinco trabalhadores do bairro apareciam por um tempo e tomavam sua bebida com tranqüilidade, depois voltavam para empurrar os seus carrinhos com papeis e plásticos. O dono do estabelecimento era eficiente e atencioso, sempre com um sorriso aberto enquanto trocava os cinzeiros das mesas. Todo mundo se conhecia e conversava numa boa, nunca vi uma discussão ou briga, nem quando a máquina de bingo eletrônico trancava a moeda do cliente. Tudo era acompanhado pelo mais profundo respeito, comum aos homens com alguma dignidade. Hoje, na câmara dos deputados, onde os assentos são de couro e o revestimento é de veludo, um canalha aparece para fazer o seu discurso, outro já grita: “terrorista!” A torcida reage: “O Dirceu é meu amigo, mexeu com ele mexeu comigo!”. Um levanta um saco de lixo, outro grita corrupto, começa o tumulto, começa a briga, até mulher se mete no meio. O dono do bar tenta acalmar os ânimos, corta a bebida. Não adianta. A pouca vergonha só acaba quando a polícia chega, a sessão é encerrada e o bar, fechado.

 
Web Ring Liberal
Ring Owner: Julio Belmonte Site: Web Ring Liberal
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from Bravenet