17 janeiro, 2006

Google Earth

Cheirando a mofo eu venho aqui falar sobre o programinha do Google, o Google Earth. Perco noites inteiras navegando no software que oferece fotos de satélite do mundo todo e tentando entender o que está acontecendo nos outros países. Em Havana, se pode ver a grande avenida beira-mar. Se não me falha a memória, é onde se encontram as prostitutas mais baratas e mais intelectualizadas do mundo. Em Tóquio, perto do Palácio do Imperador, encontrei uma ponte linda, circular, uma verdadeira maravilha da engenharia usada para ligar a cidade a um pedacinho de terra menor que um campo de futebol (se as escalas do programa não estão erradas). Como as conspirações imperam quando o assunto são os Estados Unidos, no Alaska encontrei (graças aos bondosos usuários do programa que podem deixar os seus alfinetes no mapa) uma das zonas proibidas do Google Earth. Se trata de uma território onde ninguém sabe o que tem mas todo mundo tem certeza que coisa boa não é. Arrisco que sejam alguns mísseis apontados para a Coréia do Norte ou União Soviética. Não sei, assim como os outros usuários que enchem o programa de comentários inúties, só especulo.

 
Web Ring Liberal
Ring Owner: Julio Belmonte Site: Web Ring Liberal
Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet Free Site Ring from Bravenet
Site Ring from Bravenet